terça-feira, 3 de dezembro de 2013

TAEKWONDO NA EDUCAÇÃO INFANTIL

*Maicon Rodrigues Albuquerque
**Cristiane Abranches Pereira

Uma das principais questões discutidas no meio educacional é a qualidade do ensino. Ocorrendo este nas salas de aula, escolinhas de esporte ou qualquer outro meio onde os processos de ensino e aprendizagem estejam presentes. Mas, como proporcionar um ensino de qualidade aos nossos alunos?
Em um primeiro momento destaca-se como foco principal do processo educacional o ALUNO. Enquanto professores, temos que ter o cuidado de levar em consideração vários aspectos como o respeito às diferentes classes sociais, etnias, sexos, culturas, ritmos de aprendizagem e, acima de tudo, o respeito à individualidade.
Em qualquer lugar onde temos envolvidos o ensino e a aprendizagem, nos deparamos com o Educar. Educa-se para a autonomia, para a socialização, para uma formação que desenvolva nos alunos atitudes críticas e criativas e que os leve a amplas vivências motoras.
Nesta perspectiva de Educação, ressaltamos o papel das academias e escolinhas de Taekwondo como um local de vivências úteis aos educandos. Vivemos hoje, uma educação não somente pautada na aquisição de conhecimento, mas no desenvolvimento do indivíduo como um todo!
Do ponto de vista sócio-afetivo, as escolinhas (academias) contribui para a construção de uma auto-imagem positiva, na construção do saber conviver em grupo, de reconhecer as diferenças e respeitá-las.
Do ponto de vista cognitivo, as escolinhas (academias) deve oportunizar o aluno a conhecer para construir seus próprios conceitos através da observação, da vivência, dos desafios que podem ser associados ao seu mundo real.
Do ponto de vista motor, a escolinhas (academias) deve oportunizar as crianças com vivências motoras variadas, explorando movimentos, objetos e o espaço físico. Não temos como trabalhar com crianças, sem simultaneamente valorizar estes aspectos de forma individual e em grupo, pois estas vivências, dentro do contexto, auxiliarão as crianças na construção de valores, atitudes e bons hábitos, além de um repertório motor amplo.
As escolinhas e academias de Taekwondo têm por objetivos a aprendizagem do movimento através do movimento, além de promover a socialização e interação entre os alunos de forma a vivenciarem o máximo possível de experiências motoras de forma orientada, sem deixar de priorizar a ludicidade e a criatividade do aluno.
Muito se discute sobre os conteúdos a serem trabalhados nas aulas de Taekwondo Infantil. Neste sentido, acreditamos que Tudo é possível ser trabalhado nas aulas. Então, o que trabalhar nas aulas de Taekwondo Infantil? Os movimentos fundamentais como correr, saltar, arremessar, chutar, quicar, receber, rolar, elevar o joelho... As capacidades coordenativas como reação, ritmo, equilíbrio, acoplamento, diferenciação, mudança, orientação. Destacam-se ainda os temas transversais proposto pelos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN's) como o trabalhar com os alunos noções de higiene, sexualidade, ecologia, festas populares, festas folclóricas, datas cívicas... Outros conteúdos como os jogos, brincadeiras e o resgate das brincadeiras antigas culturalmente vividas pelos alunos. Além das atividades livres que objetivam proporcionar a criatividade e a autonomia motora do aluno.
Os conteúdos na educação infantil são tão ricos que independem da sofisticação dos materiais didáticos, dos espaços físicos adequados. O conhecimento do professor que atua nesta área é o recurso essencial para o desenvolvimento adequado dos alunos.
Provavelmente, as aulas de Taekwondo Infantil promovem o primeiro contato da criança com o movimento orientado. Ela não visa treinamento, tampouco rendimento técnico-tático. Tem por princípios o respeito às faixas etárias, adequando as atividades ao nível de desenvolvimento no qual o aluno se encontra além da interação sem distinção de raça, sexo e classe sócio-econômica. Trata-se de uma disciplina de caráter educativo que objetiva a aprendizagem do movimento, promover as relações interpessoais, a auto-estima, a autoconfiança, valorizando o que o indivíduo é capaz de fazer frente às suas limitações pessoais.
Partindo das abordagens citadas anteriormente, torna-se clara a importância do profissional que atua com o Taekwondo na educação infantil. Sendo que, a postura do professor deve, acima de tudo, estar baseada no domínio dos componentes didático-pedagógicos relacionados aos conteúdos, metodologia, planejamento e avaliação, bem como o conhecimento do universo do aluno.
A qualidade da educação também depende da instituição educacional, a qual deve ter bem claro o papel da atividade no seu projeto político-pedagógico, como proporcionar condições adequadas para que o ensino.
Destaca-se, ainda, o Taekwondo como uma atividade rica em conteúdo, que além de desenvolver várias formas de vivências motoras, é capaz de trabalhar com os alunos a disciplina, o respeito a regras, o respeito ao corpo e principalmente, o respeito ao próximo, no caso, o adversário. "Respeito" é o que está faltando de forma geral em todos os segmentos sociais.
Cabe ao professor reconhecer no Taekwondo os conteúdos específicos da educação infantil, como os movimentos fundamentais, as capacidades coordenativas, as habilidades básicas, dentre outros componentes como a socialização sem discriminação de rendimento.
Dentre um dos pontos mais importantes, a responsabilidade do professor de não atribuir ao Taekwondo uma forma de defesa pessoal a ser utilizada quando necessário, mas a prática que permita a vivência de experiências motoras diversificadas, bem como a própria promoção de saúde e qualidade de vida.
Ao nos referirmos à qualidade da educação, nas academias ou nas escolinhas de esportes, dificilmente não voltamos nossa crítica a atuação do professor. Nosso aluno é resultado do que plantamos enquanto professores. Nosso aluno leva para sua vida pessoal e profissional o exemplo de caráter, responsabilidade e dignidade que apresentamos a eles enquanto professores. Independente da qualidade de sua formação acadêmica, do material didático disponível, do espaço físico reservado para sua intervenção, faça de você, professor, o principal instrumento para que o ensino e a aprendizagem ocorram com qualidade. Domine os conteúdos de sua área, respeite seus alunos, saiba aplicar suas atividades do simples para o complexo, leve seu aluno a explorar ao máximo seus movimentos. Mas, jamais deixe de atribuir o caráter educativo nas suas ações enquanto professor.

Nenhum comentário: